sábado, 27 de setembro de 2008

RAÇA, AMOR E PAIXÃO!

Que emoção, galera! Que maravilha estar presente ao Maraca e ver o nosso Mengaço vencer de maneira tão suada, tão aguerrida, tão apaixonada! O dilúvio que caiu do céu, deve ter sido o choro emocionado do cara-lá-de-cima, que todo mundo sabe que é rubro-negro, vendo seu Flamengo voltar a ter o brio e o espírito campeão que os genuínos flamenguistas têm. E os parabéns por mais essa vitória, novamente, vai para você, amigo e amiga Urubulina. Foi você, ou melhor, fomos nós, que demos mais 3 pontos ao nosso querido Mengão na noite de ontem, lá no Maraca, contra o Sport, empurrando o time desde que a bola rolou até a hora que o último jogador foi para o vestiário. Esse resultado, junto com os outros desta rodada, nos garantiu permanecer no G-4 e continuar serinho, serinho na briga pelo título brasileiro, o sexto de nossa história.

O time não fez uma partida primorosa. Quem entende de futebol sabe que ficou longe disso. Mas compensamos demonstrando a garra, o sangue nos olhos e a dedicação que é a marca dos 'Flamengos' campeões ao longo da história.

O time está desentrosado, como venho falando aqui. Chutou pouquíssimo ao gol, como eu venho falando aqui. Mas não ficou de 'molengotengo' como eu reclamava. E só isso já foi suficiente pra mostrar pra esses pernambucanos quem é time de primeira divisão e quem é time de módulo amarelo.

O Fla dominou o primeiro tempo, indiscutivelmente, mas não deu um chute a gol até os 25 minutos de jogo, quando Marcelinho e Everton tramaram uma jogadinha ali pela ponta, que resultou numa falta, cobrada por Paraíba em cima do bom goleiro Magrão. Aliás, o Marcelinho Paraíba foi e tem sido o cérebro da nossa equipe em todos os jogos. Acho até que o Caio Jr já deveria estar notando que não podemos jogar com ele tão avançado, visto que o 'cabeça de fósforo' constrói muito mais quando joga um pouco mais recuado, na função de meia-ofensivo, do que enfiado lá na ponta-esquerda, como o 'oclinhos' tem escalado.

A falta de entrosamento fazia com que o nosso domínio de posse de bola não se transformasse em gols. Errávamos muitos passes no meio-campo e acabávamos cedendo muitos contra-golpes perigosos ao time do Sport, que, felizmente, pararam na boa atuação da zaga ou na má colocação dos atacantes pernambucanos.

Quando acertamos o passe, criamos os lances de maior perigo do primeiro tempo ali pela esquerda, em jogadas entre Marcelinho e Juan. Aos 28, Juan recebeu a bola dentro da área, deu um come no zagueiro-fedorento do falso rubro-negro e foi derrubado dentro da área. O 'féladapulta' do juiz mineiro Ricardo Marques deu falta fora da área, evitando que o Mengão abrisse o placar. Na cobrança, Juan levantou a bola com mel, ela pererecou na área sobrando para Marcelinho Paraíba, que chutou para defesa milagrosa do camisa 1 do Sport.

Querendo que o Flamengo chutasse mais a gol para ganhar a partida, Caio Jr tirou Josiel e meteu Obina, ao invés de entrar logo com o Vandinho. Mas tudo bem, porque o Fla veio com fome de bola e quase abriu o placar aos dois minutos: Léo Moura cruzou uma bola na cabeça do atacante-tanajura, que cabeceou para mais uma excelente defesa do goleiro do Sport.

Já do outro lado, Bruno voltou a falhar. Lá pros 10 minutos da segunda etapa, o time pernambucano teve um escanteio pela direita de ataque. Os mulambos cruzaram pra área, Bruno ameaçou sair, mas parou no meio do caminho. A bola sobrou sozinha pra Roger mergulhar e abrir o placar injustamente para o Sport: 0X1.

A chuva apertou ainda mais e deixou o gramado em petição de miséria. Tanto que Everton acabou saindo machucado, dando lugar ao argentino com nome de sabor de chiclete. E foi pelo lado do Sambueza que as jogadas começaram a se tornar mais perigosas. Aos 17 minutos, Marcelinho Paraíba foi lançado, deixou os adversários pra trás e deu um totó na saída de Magrão, que conseguiu desviar. 10 minutos depois, quando time já estava avançando por inteiro e abrindo demais a zaga, Caio Jr tirou Íbson, que estava fazendo uma partida apenas regular, e botou quem ele deveria ter posto há muito tempo: Vandinho.

Muitos torcedores não curtiram a mexida e vaiaram o treinador, xingando-o de "Burro, burro". Íbson por sua vez, demonstrou novamente que está muito estrelinha e egoísta, e deixou o campo xingando, praguejando, partindo direto pro vestiário. Mas ai o destino tratou de mostrar pra ele e pra toda a galera que a mudança foi acertada: Juan invadiu a área pela ponta-esquerda aos 37, rolou pro meio, Vandinho devolveu no um-dois, e o lateral catucou a pelota por baixo de Magrão, empatando o jogo e quebrando uma invencibilidade do goleiro sportista que já durava 5 jogos: 1X1.

Com o empate, o Maraca balançou. Literalmente. Os mais de 40 mil rubro-negros que mais uma vez encheram de alegria o Mário Filho, começaram a entoar as mais belas canções de incentivo aos nossos guerreiros. E o mais modesto deles, o garoto que saiu de um time de terceira divisão para o maior time do mundo, mostrou que a glória não é para quem quer. É para quem pode: Léo Moura bateu um escanteio curto pela direita, Marcelinho Paraíba cruzou no primeiro pau. A zaga do Sport se preocupou demais com Obina, Fábio Luciano e Angelim, mas deixou Vandinho livre. O baixinho de perna torta escorou a criança, para decretar a virada do Mengaço e enlouquecer a torcida mais maravilhosa deste planeta! 2X1.

Na próxima rodada, o Flamengo vai enfrentar o aguerrido time do Náutico, lá nos Aflitos, no sábado, véspera das eleições. E é fundamental que a gente dê outra chapelada nos caras, como demos aqui no Maracanã, no primeiro turno, para ganharmos força no prosseguimento da competição. Além disso, temos que torcer por Sport, Atlético Mineiro, Ipatinga e Bostafogo, nos jogos contra Cruzeiro, São Paulo, Palmeiras e Grêmio, para conseguirmos chegar mais perto da liderança do campeonato novamente. Se tudo correr bem, em no máximo 3 rodadas, estaremos de volta a primeira colocação, aguardando apenas o confronto direto com Palmeiras e Grêmio, para disparar rumo ao hexa.

Eu acredito! E espero que vocês também.

Vamo que vamo, Mengão!

Gil

CORRIGIDO PELO AUTOR 28/09, ÀS 23:23H

5 comentários:

Anônimo disse...

Caralho, que vitória!! Lindo!!

Parabéns para quem foi ontem, fiquei com inveja, queria muito estar la. Não pude ir, trabalhei! Mas tranquilo, foi lindo ver o Flamengo jogar como Flamengo de novo.

Corrigindo Gil. O segundo gol até começou com o escanteio do Leo Moura, mas quem cruzou na medida foi o Paraíba.
E já tivemos os dois confronto com o Grêmio, empatamos o primeiro 0X0 e ganhamos o segundo 2X1.


SRN
Rumo ao Hexa!
Gabriel Plaisant

vôo do urubu disse...

A virada foi primorosa.

Saudações rubronegras!

Neruso Sam disse...

Olhaí Gil,
To dizendo, dia 30/11 Fla x Goiás é o dia do HEXA.

Foi realmente sensacional a virada, ainda mais nas condições de jogo e gramado.

Só uma correção, o Vandinho veio do AVAÍ de Florianópolis, que está em terceiro na tabela da série B, e muito por causa dele, que estava fazendo lá um brilhante campeonato da série B.

SRN
Nelsinho Morro

Alexandre Gatuso disse...

O FLA JOGOU DEMAIS!!!!!!!!!!!!!!! FOI LINDO VER O MENGÃO JOGANDO TÃO CORAJOSO QUE NEM FOI ONTEM!!!!!!!!!!!! NÃO DÁ MAIS PRO VANDINHO FICAR DE FORA ELE NÃO É MAIS UM OBINA O MALUCO TEM O CHEIRO DO GOL!!!!!!!!!!!!!!!!!!! EU ACREDITO NO HEXA!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

helder rodrigues bino disse...

Ganhar sempre é bom e por isso estou muito feliz, mas ainda acontecem coisas que deixam a gente PUTO-DA-VIDA : em primeiro lugar, tivemos mais uma FALHA-RIDÍCULA do GOLEIRO-PERUZEIRO...como o melhor-goleiro-do-Brasil gosta de uma CAGADA-HOMÉRICA...precisa caprichar muito mais prá não atrapalhar o time nesta caminhada...em segundo lugar, não consigo entender essa palhaçada do ÍBSON-PERÚ...o cara não marca ninguém, não consegue acionar corretamente nossos laterais e não mostra NENHUMA-EFICIÊNCIA-NA-FUNÇÃO que lhe é ATRIBUIDA, e ainda fica ENCHENDO-O-SACO quando é SUBSTITUIDO...ora PÕRRA...oh ÍBSON-PERÚ vai encher o SACO-DO-CARALHO....o Caio Junior tem que BARRAR ÊSSE-IDIOTA e PRONTO...COM ESSA palhaçada ÊSSE babaca VAI ACABAR prejudicando o grupo...VAI se catar ÍBSON-PERÚ.....não jogaria no meu time pois é LIMITADO e não tem NENHUMA EFICIÊNCIA prá jogar no meio-de-campo do Flamengo....estou muito feliz com o Vandinho...é um PREDESTINADO...valeu CARA....é difícil ser CENTROAVANTE no FLAMENGO porque os laterais AFUNILAM muito e ainda temos o CRACAÇO(?) DO ÍBSON-PERÚ atrapalhando nosso time....o Caio manja-de-bola e não deve ser atrapalhado nesta hora...vamos lá Mengão...abraço a todos...Helder....Goiânia.