quarta-feira, 9 de janeiro de 2008

O SONHO VAI TER QUE ESPERAR


Com o adiamento do sonho de trazer o Fenômeno - que até desconversou sobre seu possível interesse em vir proo Mengão - só nos resta uma esperança de contratação para o ataque: Diego Tardelli. E o atacante do São Paulo não está com muita vontade de esperar para o acerto, porque sabe que vai acabar na reserva do time de Muricy Ramalho.

Na briga por ele estão o Fla e o Santos, por indicação do técnico e pela-saco, Emerson Leão. Ontem, o atacante deu uma entrevista para a Rádio Record, onde mostrou que está ansioso para fechar contrato com alguém: "Acho que o momento é bom para mim. Eu quero jogar na equipe olímpica e, como titular, eu tenho muito mais chances de estar lá. Sinto que o São Paulo quer me vender e não pretende contar comigo. Nos bastidores, percebo que muita gente não se empolga com a minha permanência. É o que sinto".

Para piorar, o Flamengo tem batido de frente com Petrobras e Nike (Xiiii, será que atrapalha a vinda do Ronaldo?), seus dois patrocinadores e parceiros. Tudo porque as duas não estão pagando ao Flamengo o que o maior time do país mereceria receber.

Com a empresa de petróleo o problema parece ser mais sério, já que o contrato acabou e deveria ser renovado agora em fevereiro, coisa que a diretoria do clube não está querendo diante da proposta de grana oferecida, que é menor que a do Corinthians, 2ª torcida do Brasil e rebaixado para a segundona.

O v.p. de Marketing do Mengão, Ricardo Heinrichsen, disse que vai tomar uma decisão em 15 dias e que, se a Petrobras não reajustar os valores oferecidos, não estampará mais a camisa do Mais Querido do Brasil. O rubro-negro exige ter o maior contrato de patrocínio do Brasil. E eu acho absolutamente justo, já que somos a maior nação de futebol desse país.

Se isso acontecer, será o rompimento de um relacionamento fiel que vem desde 1984, quando o Flamengo teve seu primeiro LUBRAX em letras garrafais, num fundo amarelo, colocado no emblemático Manto Sagrado feito pela Adidas.

Eu, particularmente, vou demorar pra me adaptar com outra marca no nosso uniforme, porque ele fez parte da nossa história. Mas o Flamengo merece o melhor e a gente se acostuma.

2 comentários:

Anônimo disse...

Já era hora.
O contrato do Fla com a Petrobrás está defasado (Hj SP, Corinthians?! e Palmeiras?! contratos melhores) . Se pelo menos a Petrobras não exigisse exclusividade os 15 milhões seriam razoáveis.
Hj até o Vasco consegue patrocinio nas mangas (novo nicho do mercado) por 3 milhoes. Imagine o Fla. Quase todos os times recorrem a isso como modo de incrementar as receitas.

Ja a Nike alem de pagar pouco (O são paulo recebe o dobro) o serviço que a Nike oferece é péssimo: desde atraso de material pro time profissional e pros esportes amadores a falta de produtos do time no mercado. Isso é novidade na região sudeste (esta acontecendo desde o segundo semestre de 2007), mas no resto do Brasil a distribuição de produtos oficiais sempre foram precarias. O Flamengo é um clube de torcida verdadeiramente nacional e isso é um absurdo.
Pra impresa que é considerada a maior do ramo é de um amadorismo impar, pq não só o Fla perde dinheiro com isso, mas a própria Nike.
SRN

Hani Hassan disse...

A diretoria do Fla está agindo corretamente. A Petrobrás precisa rever a merreca que estão pagando ao mais querido do Brasil.

Se a Petrobrás não quiser pagar o que o Flamengo merece, certamente choverão patrocínios ao Flamengo, principalmente em uma fase tão boa do nosso time.