quinta-feira, 8 de maio de 2008

EM RESPEITO A VOCÊS...



É por vocês que eu reuni forças para escrever aqui hoje. Porque, a bem da verdade, eu não estava com a menor vontade de acessar esse blog. Por aqueles, que amam o Flamengo como eu e que estão sofrendo igualmente, estou aqui, corajosamente, assim como vocês estão para ler.

Foi uma derrota triste. Porque perdemos para nós mesmos. Perdemos para a nossa incompetência, nossa inoperância, nossa soberba, nosso orgulho. Ou melhor, pela falta de orgulho. Pois se tivessemos um pingo dele, não teríamos levado aqueles 3 gols.

Tomar um gol num lance isolado, chute de fora da área que desviou no Juan, vá lá. Mas daí a deixar os caras fazerem o segundo (ainda no primeiro tempo) e não ter forças para fazer "unzinho" antes que os caras fizessem o terceiro, foi demais para mim.

Depois do terceiro gol, do 'atacante sem-pescoço', Cabañas, aos 31 minutos do segundo tempo, eu não conseguia mais ver o jogo. Ficava andando em círculos dentro do meu quarto, igual a um insano, enquanto rolava na TV da sala o jogo. Estava numa tentativa desesperada de espantar aquele pesadelo. Acho que eu tentava acordar... sei lá. Passei insistentemente a mão sobre o meu rosto umas 200 vezes, me negando a acreditar que a tragédia estava mesmo rolando com o MEU Flamengo.

E o pior desta derrota não são as gozações dos amigos. Para isso, sinceramente, estou cagando. Nenhum outro time tem o currículo e a força do Flamengo. O que é foda de aturar mesmo é o sentimento inenarrável da falha. Uma sensação que impregna a nossa alma e é como uma sombra, que segue a gente onde a gente for. Uma desilusão como essa é como ter um piano gigantesco nas nossas costas, forçando a nossa cabeça para baixo e os nossos ombros a cederem.

Quero deixar claro aqui que não acho o Joel culpado pela derrota. O time teve uma noite muito infeliz, como poderia ter tido em outro dia. Mas foi justamente neste, um dia fundamental para nós.

Souza foi terrível. Íbson estava dando nojo. Fábio Luciano fez falta PARA CARALHO na zaga e no comando da equipe. Aliás, QUERO ESTE ZAGUEIRO LEONARDO FORA DA GÁVEA AMANHÃ! Marcinho, tão bem nos outros jogos, perdeu todas as bolas. Jaílton, o capataz do Flamengo, deixou todo mundo escapar fácil, fácil. Toró fez umas 15 faltas no jogo. Juan, outras 15, incluindo a do terceiro gol. Joel também errou. Teve medo de arriscar e botar em campo o melhor time, mais ofensivo e mais eficiente, e está pagando o preço. Teve medo de manchar sua saída. Acabou com a pior mancha que poderia: na sua auto-estima. Mas não vou execrá-lo, não! Porque TODOS foram terríveis, não um só. Aliás, as pessoas tem a péssima mania de atribuir a UM HERÓI a vitória e a UM VILÃO a derrota, coisa da qual eu não comungo.

Para encerrar este post, quero deixar uma palavra que fez falta ontem, para que a gente pense e aprenda com os fatos. Leiam com atenção e gravem o significado dela. Vamos precisar nas próximas decisões que, COM CERTEZA, vamos chegar.


Até o Hexa Brasileiro, minha Nação.

Gil

7 comentários:

Neruso Sam disse...

olhai Gil
Tudo pareceu mesmo um pesadelo, que no meu caso, a hora que consegui dar umas cochiladas durante a noite viravam pesadelos de verdade porqeu continuei com o jogo passando na minha mente a noite inteira.
O que mais me dói não é a derrota em si, mas saber o quanto é difícil chegar neste ponto de um capeonato tão importante e simplesmente acordar no dia seguinte e descobrir que acabou....
Da alegria à tristeza
Do céu ao Inferno em 3 dias...
Como o OBINA, chorei e não conversei sobre esse assunto com ninguém...
Como o OBINA quando me questionam "o que aconteceu?" eu respondo "não quero falar, estou com muita vergonha"
SAudações Rubro-Negras, vamos juntar os cacos que a briga pela libertadores 2009 já começa no domingo.
Abraços
Nelsinho.

Jean Freire disse...

Fabio, respeito sua opinião, mas tenho a minha, já relatada anteriormente.
Como diz Luxemburgo muito bem, "O MEDO DE PERDER TIRA A VONTADE DE GANHAR". E com Joel é sempre assim, sempre. Ele sempre escalou o time mais cauteloso, a equipe mais forte de marcação, mas com poucos recursos técnicos. Eu até vinha falando q ultimamente ele havia evoluido, mas ontem era jogo pra essa evolução estar no auge e no entanto, isso não aconteceu. Ele seguiu escalando um time que só ele não via q não daria certo, com pelo menos dois inúteis no meio-campo e com o pior zagueiro ,depois do Irineu, q passou na Gávea.
Concordo q todos foram mal, q a postura do time não era de um time vencedor. Mas a festa desde domingo foi muito grande e não parou até o apito inicial do árbitro, que deixou de dar dois pênaltis (mas isso não é desculpa). Os caras só se deram conta q estavam em campo, disputando uma partida de Libertadores quando o placar já estava 2 a 0. E sem pernas, sem concentração, sem tudo o q precisa pra jogar bola, não houve reação.
O time precisava mesmo de um Fábio Luciano em campo. Não poupou na final do Estadual, mas poupou na Libertadores? Pq???
Foram muitos erros ontem e a festa talvez tenha sido o principal.
É isso...
Juntar os cacos, dar força pro Caio q ele vai fazer um excelente trabalho. Vamos começar tudo de novo em busca do título Brasileiro e da vaga na Libertadores 2009.
SRN!
www.flagol.blogger.com.br

Gabriel R. disse...

Boas palavras Gil. Não foram Humildes e reforço a vergonhosa atuação de Souza e Ibson. Esse Leonardo, nem dá pra falar!

SRN

Alexandre Gatuso disse...

O JOEL FEZ MERDA MAIS NÃO FOI O ÚNICO PORQUE A DIRETORIA NÃO FEZ O TIME TREINAR PARA ESSE JOGO?????????????? ACHOU QUE TAVA GANHO?????????????????? FALTOU ISSO MESMO........ HUMILDADSE!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Anônimo disse...

"E ninguém cala, esse chororô
Chora o time inteiro
Chora o treinador
Chora o torcedor"

Cadêêêêêêêêêêê, Mengo?

nunnez ® disse...

Escreveu tudo nos conforme Gil!! O final do post foi o melhor, realmente faltou humildade aos nossos jogadores. Menosprezamos a garra mexicana. O que nos resta é assumir o erro e levantar a cabeça para o Brasileirão. Rumo ao HEXA!

Carlos Henri disse...

Fala Fábio.
Conversamos ontem a noite um pouco.

Eu tenho uma opinião um pouco diferente.

Acho que houve sim um falta de humildade. Se na casa dos caras demos 4 x 2 perdendo um caminhão de gols (Fizeram falta)... Em casa seria de 8 x 0.

Na minha opinião não houve falta de treino, falta de concentração, problemas com comemorações excessivas...

Houve sim uma soma da falta de humildade com a vontade de vencer no último jogo do Joel.

Esqueceram do campeonato e só se preocuparam com a vitória no jogo (Falta de humildade), vitória essa que nós não precisávamos (Bastava pensar no campeonato e não na partida).
A própria preleção do joel contradiz o futebol que o Flamengo jogou. Ele disse com claras palavras "Eu quero a classificação..." Ele não disse que queria a vitória a qualquer custo.

No primeiro tempo vimos uma inversão de valores, o Flamengo atacando e se expondo aos contra-ataques (com o meio inoperante e aberto como uma avenida) como se precisasse do resultado desesperadamente e não o contrário.

Tomamos dois gols bobos um de desvio e outro de contra-ataque...

No segundo tempo o América continuou com espírito de aguardar a molezinha do contra-ataque.

Quando o meia ofensivo deles ia entrar no jogo levamos o terceiro gol, na hora que eles iam partir pro tudo ou nada!

Fábio, a falta que originou o 3º gol foi feita pelo Toró.

Enfim, vamos torcer pra não quebrar a magia da torcida com o time e tentar a vaga pro ano que vem.

Quanto a ser campeão Brasileiro acho uma possibilidade remota demais... Espero estar errado.