terça-feira, 6 de maio de 2008

REEBOK, ADIDAS, VULCABRÁS??? VAMOS DESFAZER A CONFUSÃO!

Para acabar de vez com a confusão sobre qual empresa assumirá a responsabilidade de criar o novo manto sagrado, fui em busca de informações sobre as empresas pretendentes a fornecedores do Mengão. E, com isso, consegui reunir coisas interessantes que revelarei para vocês, amigos URUBULINOS.

Sobre o Grupo Adidas:
O Grupo Adidas é um dos líderes mundiais no segmento de materiais esportivos, oferecendo uma grande variedade de produtos fabricados com as seguintes marcas: Adidas, Adidas Classic (aquela das 3 faixas), Reebok e TaylorMade-Adidas Golf. Com sede em Herzogenaurach, na Alemanha, o Grupo tem mais de 31.000 empregados e Receita Líquida Anual da ordem de 10,3 bilhões de euros.

Sobre a Reebok:
A Reebok International Ltd. é uma empresa subsidiária/pertencente ao Grupo Adidas. Com sede em Canton, no estado americano de Massachussetts, é uma das marcas líderes mundiais na criação e distribuição de calçados, confecções e equipamentos esportivos.

Sobre a Vulcabrás:
A Vulcabrás, com sede em Jundiaí, São Paulo, é a maior companhia brasileira do setor de calçados esportivos, femininos e confecções esportivas, sendo detentora das marcas Azaléia, Grendene, Olympikus, entre outras. Além destas, em 25 de março deste ano, a empresa também fechou uma "Joint Venture" (parceria) com o Grupo Adidas para cuidar da marca Reebok no Brasil.

De acordo com os termos do contrato, Pedro Grendene Bartelle (ele mesmo, do chinelo Rider!) será o Presidente desta nova sociedade, que será administrada por executivos da Reebok e da Vulcabrás. A nova sociedade iniciou suas operações em 1o de abril de 2008 e irá durar, a princípio, até 2015.

A Vulcabrás já era distribuidor exclusivo dos produtos esportivos com a marca Reebok no Brasil, Paraguai e Argentina. Agora passará também a produzí-los e gerir os negócios nesta nova sociedade.

O que isso significa na prática?
Conforme eu havia dito antes, baseado numa notícia do diário VENCER, Adidas e Reebok fizeram suas propostas para o Mais Querido do Brasil. Ai você pode perguntar: "Ué? Mas elas vão disputar entre si? Não são a mesma empresa?". Não, não são!

Calma, eu vou explicar.

Apesar de ter fechado negócio com a Vulcabrás, a Adidas é uma empresa com administração independente da Reebok. Sendo assim, os executivos de cada uma das marcas pode ofertar ao Flamengo quanto achar que deve para conseguir criar o manto sagrado e alavancar suas vendas de material esportivo.

Diante disso, a Reebok deu a sua cartada, oferecendo R$ 20 milhões por ano e mais 10 lojas exclusivas do Mengaço por todo o Brasil. Já a Adidas contra-atacou com R$ 17 milhões e um projeto para internacionalizar a marca Flamengo, vendendo o manto sagrado em todo o mundo. Ambas, excelentes propostas se comparadas aos R$ 9 milhões anuais do contrato com a Nike.

Mas, ao que tudo indica, o Fla já teria fechado com a Reebok/Olympikus/Vulcabrás. O colunista Alcemo Góis, do jornal O Globo, colocou em sua coluna a seguinte nota (retirada na íntegra):

Vulcabrás no Fla

A Vulcabrás pode substituir a Nike como fornecedora de material esportivo do Flamengo.

O dono da empresa, Pedro Grendene, ligou para Marcio Braga e avisou: “A Nike pode ganhar da gente nos EUA, e a Adidas, na Europa. Mas aqui, não.”

É. Pode ser.

Agora que você já entendeu a confusão e sabe que os caras tão brigando pela nossa camisa, só nos resta aguardar e torcer pelo melhor. Que, na minha opinião, seria a Adidas.

E na sua?

16 comentários:

Rod disse...

VOLTA ADIDAS!!!

Rod disse...

VOLTA ADIDAS!!!

Diogo Ferreira disse...

Muito boa a matéria esclarecedora. Continue assim Fábio =)
www.ConfionoMengao.blogspot.com
Abração!

mateus disse...

Cara um time do tamanho do flamengo tem que vestir nike ou adidas, mas como a nike está de sacanagem o flamengo tem que fechar com a adidas, na verdade ja deveria ter fechado. Além de que o projeto deles é o melhor pois fortalecerá a marca em todo mundo, o que a olimpikus dificilmente conseguiria fazer.
Vcs que moram ai no rio tem que fazer uma movimentação para os dirigentes do fla fecharem logo com a adidas. Urgente, antes que seja tarde!!!!!!!
Abraço!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Anônimo disse...

Eu estava no Google buscando muitas informações para entender toda a negociação e achei o seu blog! Parabéns pela qualidade do texto, muito esclarecedor.



Não sei dizer o que seria melhor para o Flamengo. Como torcedor, tendemos a escolher a Adidas pela Era de Ouro do rubro-negro, quando seu manto era confeccionado pelos alemães da Adidas. Por outro lado, penso que investir numa empresa que cresceu muito no últimos anos seria fantástico, pois estaríamos incentivando um grupo de origem nacional, com mão-de-obra brasileira. Nada melhor do que colaborar com o crescimento do país. Mengão Responsabilidade Social (até nisso somos fodalhões!).

Leonardo Sicos

Linux Mello disse...

Saudações RUBRO NEGRAS!!! Bem Fabio, acabo de conhecer seu Blog e parabenizo é de excelente qualidade!

Quanto ao fornecedor acho a proposta da Reebok/Olimpikus mais interessante pelo valor e pela proposta de lojas e apoio. Quanto a internacionalização, acho sinceramente que precisamos estar melhor preparado para este passo, como mesmo sito o Henrique Areias nesta entrevista. Seria como colocar uma marca, mas sem nenhum projeto de marketing explorando a venda no exterior. Imaginem o MENGÃO com um fornecedor diferente de todos do brasileiro, outro fato interessante é o preço das camisas, que por informações que tenho devem cair entre 20% e 25%, aumentando a venda de camisas, já que a NIKE é conhecida no meio esportivo como o material mais caro.

claudenir disse...

bom eu que trabalhei na vulcabras pode afirma que e uma empresa seria e grade muito grande, eu estou tranquilo pois a vulcabras fabrica as camisas do sao paulo, vasco, internacional e nunca atrasou nenhum artigo esportivo desses times por isso axo que o flamengo fez muito bem em aceitar a proposta de vulcabras. quem axar que a vulcabras e uma empresa pequena visite o site dela. www.vulcabras.com.br
vlw

Anônimo disse...

fabio eu quero entender si e a olympikus ou a reebok que oferecel 20 milhoes e dez lojas em todo o pais para o flamengo

Anônimo disse...

oi meu nome e mateus mel pai e corintiano minha mae e vascaina mais decedi ser flamenguista porque gostei das cores do rubro-negro carioca eu desejo quer essa camisa bem cuidada bem feita serja quem for a nova patrocinadora. quem fala matheus lima

Anônimo disse...

Cara, sou Flamenguista louco, gostaria muito que a Adidas voltasse, mas essa nova marca "Vulcabrás"´parece chegar com força total aqui no Brasil, mas eu quero mesmo é a felicidade de meu time

Alan disse...

O Flamengo e clube mto grande precisa de um grande patrocinador Logico a ADIDAS!!

Anônimo disse...

po a adidas vai tornar o flamengo mas famoso porque a adidas ta oferecendo revelar ele para o mundo todo volta adidaa nike e o caralho o bagulho e a adidas nike ta falindo

Rodrigo RCC® disse...

Tenho lá minhas dúvidas sobre qual seria melhor para o nosso MAIS QUERIDO!

REEBOK, ADIDAS e OLK são grandes nomes e acredito que ambas possuem condições de vestir e investir no nosso Flamengo.

Meu medo é esse dinheiro todo em mãos erradas lá dentro do clube.

Abração!

Anônimo disse...

Fai se foda sem o patrocino da Nike

bruno disse...

gostaria de ver o manto com a estampa da adidas...mas qualquer uma ~´a valendo....mengooooooooooooo

Anônimo disse...

E agora, qual a opinião de vc's que achavam melhor Adidas... Acho que todos devem estar muito satisfeitos com a Olympikus... Empresa 100% nacional, time campeão, dinheiro sobrando dentro do clube, camisa bombando de vender.... realmente essa Olympikus é fodona mesmo heim...Colocou a Adidas no bolsa fácil fácil...A Nike dispensa comentarios né, informou que vendeu em 2009 apenas 220 mil camisas, enquanto a Olympikus em 4 meses vendeu 1 milhao de camisas... Será que a Nike vendeu só isso mesmo ou sonegou royaltis para o Flamengo... É meus amigos, precisamos sempre velorizar nossas empresas nacionais, prova disto é a uniao Flamengo Olympikus. Abraços e que o Mengao ganhe o Brasileiro 2010 também...