domingo, 15 de março de 2009

AI, AI, AI...



Tava muito bom pra ser verdade essa história do Flamengo jogar boas partidas, apesar de todos os problemas e da pressão da torcida. E aconteceu o esperado no jogo de ontem contra o fraco Tigres do Brasil: jogamos muito mal e ficamos apenas no empate contra o laterna da competição.

Nem mesmo as jogadas individuais, que nos salvaram em outros confrontos, apareceram nessa tarde de pouca inspiração. Até os destaques do time, como Léo Moura, Zé Roberto e Bruno, atuaram muito mal. O goleiro foi o "culpado" pelo gol dos caras, que abriram o marcador, aos 25 da etapa inicial.

Até começamos pressionando os malucos no campo de defesa, como temos feito nos jogos iniciais do Carioca e na Copa do Brasil. Mas logo deu pra ver que não teríamos um dia fácil, quando o namorado da Perlla isolou um pênalti sofrido por Juan no comecinho da partida.

Sem Íbson, o meio-campo ficou muito lento na saída e não conseguia se organizar para municiar o ataque, tanto que as jogadas pelas laterais foram a tônica da partida. E essa jogada já está mais do que manjada, então o time de Xerém começou a roubar a bola por ali e partir pro contra-ataque. Numa dessas, os caras foram avançando e arriscaram de fora da área. A bola veio lenta, mas Bruno catou cavaca e deixou ela escapar nos pés de Leandro Chaves, que empurrou pra nossa rede: 0X1.

No ataque, Josiel não estava muito ligado. Deve estar pensando nas outras propostas que recebeu de outros clubes, que provavelmente irão pagar o seu salário, coisa que não está acontecendo na Gávea. Mas foi dele o gol de empate, que evitou a chacota de perder pro lanterna: Juan cobrou um escanteio lá na esquerda. A bola veio na cabeça do atacante-sansão, que cabeceou forte pra botar 1X1 no placar.

O segundo tempo continuou repleto de passes errados e finalizações pra longe. Errávamos tanto, que o Tigres realmente começou a achar que teria condições de virar e conquistar os 3 pontos. Logo aos 4 minutos, o atacante Denis mandou um sapato de fora da área e Bruno, se redimindo, fez linda defesa.

Percebendo a morosidade da equipe, Cuca começou a fazer substituições. Meteu Obina, que já está balofo novamente, no lugar de Éverton Silva, obrigando Léo Moura a voltar para a ala. Mas isso piorou ainda mais a criatividade da equipe, que, a partir de então, não rendeu mais nada. A não ser um chute de Maxi, no finalzinho, que obrigou o goleiro do Tigres a uma defesa de puro reflexo.

Com o empate, o Flamengo conseguiu assumir provisoriamente a liderança do Grupo B, seguido do Boavista, que vai pegar o Bacalhau imundo hoje, lá em Saquarema. Foda é saber se eu torço pro Boavista ganhar do Vasco, diminuindo assim a sequência e a moral do time de São Januário, ou se torço pra eles perderem, pra gente continuar com esperanças de chegarmos às seminfinais da Taça Rio.

No próximo domingão, a gente pega a mulambada bacalhosa no Maracanã. E ai sim vamos saber se o time tem alguma chance de se reerguer ou não.

VAMO QUE VAMO, MENGÃO!

Gil

6 comentários:

Neruso Sam disse...

Olhai Gil...
Esse ano to desistindo...
Não entendo clube, não entendo diretoria....não entendo técnico e finalmente não entendo time.....
Ano passado estavamos "bem financeiramente" e tudo certo pra encarar a Libertadores....
O QUE ACONTECEU????A crise MUNDIAL??? DUVIDO....
Tem caroço neste angu....mas ainda não consegui entender qual foi a tramóia.....
MAS de qualquer forma to até sem vontade de ver noticiário sobre o time...até aqui tenho vindo pouco...
SRN
Nelsinho

Negãot disse...

Ô Gillllll, acorda! Técnico merda, três meses de salários atrasados, Angelim fora da zaga! Você quer o quê? Só falta tomar de quatro do eterno freguês, agora na Segundona, igual ao Bostafogo e eu ter que ficar aturando encarnação dos zumbis na segunda-feira!

Caio de Almeida disse...

Está desanimador mesmo. Não consigo torcer para esse time chegar às finais. Depois darão vexame e nós é que teremos que suportar a zoação.

SRN

Raquel Santana disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Raquel Santana disse...

Encontro apenas uma explicação:

TEORIA DO CAOS - Em sistemas dinâmicos complexos, determinados resultados podem ser "instáveis" no que diz respeito à evolução temporal como função de seus parâmetros e variáveis. Isso significa que certos resultados determinados são causados pela ação e a interação de elementos de forma praticamente aleatória.

Somos instáveis demais, inconstantes demais para um time e uma torcida de tamanha grandeza.

Uma vitória não basta, vencer o maior rival não importa mais, ganhar de goleada então...

O que pode agradar nossa torcida e empolgar novamente os nossos jogadores???

Como torcedora, limito-me a dizer que sinto muita saudade do time que terminou o Brasileirão de 2007...

Raquel Santana
(sem SRN)

Pedro disse...

Na boa, nego ainda vai esticar faixa chamando os caras de mercenários? Porra, se nós não recebemos, vamos tirar estímulo de onde? Amor à camisa?

Na boa, deixemos disso. Se a empresa que a gente trabalha tá devendo dinheiro pra gente, estamos inundados de contas e dívidas, nós realmente vamos esquecer tudo e dizer: Vamos defender a camisa da empresa?:

Isso é uma visão infantilizada do futebol, pelo amor de Deus! Amor à camisa não bota comida na mesa não.