domingo, 29 de novembro de 2009

PRETO, VERMELHO, VERDE E BRANCO!



Meu Deus do céu! Quanta emoção para esse meu coração rubro-negro que foi tão maltratado no jogo passado! O Mais Querido do Planeta tem sempre que passar perrengue para as conquistas valerem à pena, mesmo! E essa vitória de hoje teve um sabor MUITO especial!

Quando a informação do corte do Adriano veio, mediante tantas notícias de que o São Paulo Fashion Week estava subornando geral pra vencer a competição, fiquei com muito receio. Afinal, teríamos que vencer os "Curíntia" e ainda torcer pro Goiás, que era o pior time do returno e poderia ter recebido a mala branca, vencer a bambizada. E logo de cara, o time do Morumbi já demonstrou sua falta de ética costumeira, atrasando a entrada em 10 minutos.

Pois bem, voltando ao jogo do Brinco de Ouro, o Flamengo parecia realmente diferente e mais à vontade do que estava no Maracanã. Juan e Zé Roberto estavam endiabrados e parecia que o gol poderia sair por ali. Cheguei a dizer isso no twitter. E aconteceu. Cobrança de falta rápida e em profundidade, achou Zé Roberto na velocidade, invadindo a área. Ai, foi só passar pelo Chicão e tocar debaixo das pernas do Felipe: 1X0.



O problema é que o Washington, que disse que daria a vida pelo título, marcou também para o São Paulo, ferrando a nossa vida. Mas o destino rubro-negro estava escrito. Primeiro o lateral-esquerdo do Goiás fez uma bela jogada individual, cortou pra dentro e mandou no ângulo do babacaço do Ceni: 1X1. Se parasse por aí já tava lindo. Mas o alviverde resolveu abrir mão da mala branca e saiu enfiando um atrás do outro. Gritei tanto que estou rouco até pra escrever... rs

De novo na partida do Fla, o Corinthians começou a dar uma apertada. Bruno teve que tirar uma bola sensacional, no ângulo, dando um tapinha pra fora na cobrança de falta de Chicão. Em outro lance, o Defederico chegou a driblar o Bruno, mas chutou mascado, permitindo que o Angelim tirasse. Mas graças a todos os santos, em especial ao meu São Judas Tadeu, tudo correu bem até o final, quando o jogo do São Paulo já estava dominado e nós fizemos o segundo, num lance maroto sobre o Léo Moura.

No próximo jogo, contra o Grêmio, lá no Maior do Mundo, estarei presente para acompanhar o meu terceiro título nacional! Tem muito brasileiro se mordendo de inveja!

EU SEMPRE ACREDITEI NO HEXA!

VAMO QUE VAMO, MENGÃO!

Gil

4 comentários:

Renata disse...

Sempre acreditei e vou acreditar até o fim, no Hexa, tanto que vou morrer numa grana, na mão de um cambista fdp, pra assistir o título ao vivo no Maraca. O Flamengo é o maior do mundo e a Nação é parte disso! Tô orgulhosa, emocionada e feliz, pelo título também, mas principalmente pela trajetória.
Semana que vem, todos juntos de novo pra soltar o grito preso na garganta por tenebrosos e infindáveis 17 anos... HEXA!!!!!!!!!!!
SRN!

Raquel Santana disse...

Ehhhhhh, Gil!

Parece q o cheque dos bambis estava sem fundos, rsrs... O Goiás mostrou q ganhar era uma questão de honra pra eles!

Quanto ao Fla, ñ consigo dizer outra coisa q ñ seja HEXA!!!

Bela homenagem ao Goiás (véi!) no título do post, rsrs...

Quero ver o Galvão gritando no domingo: É HEXAAAAAAAA!!!

Até o Zina foi Mengão hoje!!!

Bjus

SRN

Raquel Santana

Bruh disse...

eu sempre acreditei no hexa [2]

joao disse...

z\d\ugad\gd\ghszd