segunda-feira, 22 de novembro de 2010

O COLO



O amor é algo fundamental para a gente. Há cientistas que dizem poder comprovar que o amor serve como remédio, em qualquer idade e em qualquer momento da vida de uma pessoa. Mas que doenças o amor pode nos imunizar? Quais chagas ele é capaz de curar?

Receber afeto é algo que aprendemos quando ainda somos bem novos. Ainda bebês, nos acostumamos com boas doses diárias de carinho, cuidado e atenção. E estes fatores não são apenas importantes, eles são fundamentais para nossa sobrevivência numa fase tão prematura de nossas vidas. E o colo talvez seja a maneira mais inteligente e completa de carinho que a natureza poderia inventar.

Dizem os especialistas que quando os pais dão colo a uma criança, eles reproduzem com impressionante exatidão, o calor, o conforto e o cuidado que aquele neófito tinha quando ainda estava dentro do útero da mãe. Até mesmo a possibilidade de ouvir a batida do coração é percebida pelo bebê. Por isso, ao longo de nossas vidas, compreendemos que "botar no colo" é sinal de contentamento, de apoio e demonstração de todo o amor que temos para dar.

E não há definição melhor - do que "botar no colo" - para o que esta incrível Nação Rubro-Negra fez na noite de sábado, lá no Engenhão, com essa equipe. Mais uma vez, transformamos jogadores abatidos, amargurados e absolutamente sem confiança, num grupo brigador, orgulhoso e com desejo de vitória, único resultado que interessava. Não que o futebol apresentado tenha sido de alto nível, muito pelo contrário. Mas tenho convicção que aqueles jogadores que pisaram no gramado contra o Guarani, puderam sentir, durante os 90 minutos, o calor, o carinho, o conforto e a batida de mais de 30 milhões de corações rubro-negros em uníssono: "CONTE COMIGO, MENGÃO!"

Gil

PS: Além da clara homenagem à Nação Rubro-Negra, este post também homenageia o meu saudoso avô, Luis Rodrigues Gil Filho, cujo colo faz muita falta hoje em dia. Um vascaíno convicto, que era capaz de levar seu neto para a torcida do Flamengo e ainda ficar feliz, mesmo diante da derrota de seu time de coração, simplesmente por amor.

8 comentários:

TORCIDA FLAMANOLOS disse...

Esse colo é comparado ao amor de uma mãe. Nos momentos mais difíceis, a Nação mostra a sua força e faz a diferença.

Cobrar faz parte de quem quer vencer, mas dar esse colo faz parte de quem ama. Por isso também somos a maior e melhor Nação do Mundo! Assim como seu avô te deu "colo" pra ver a sua felicidade e, consequentemente, a dele, a Nação abraça quando o urubu está perdendo altura em seu vôo, mesmo vivendo um momento difícil.

O engraçado disso tudo, é que no final, ambos agradecem pelos momentos de superação e pela "conquista" que foram proporcionados, Afinal, isso também faz parte do futebol, né?

Belíssimo post mais uma vez!
Força, cara! Nos vemos por aí! =)

@RenatoCroce (Alexi Lalas)
http://flamanolos.blogspot.com/

Dani Souto disse...

Ai Gil, que lindo post.

Esse colo é tão importante e é isso que é a melhor coisa que a torcida do Flamengo faz.

É isso que faz a torcida do Flamengo tão especial.

Parabens meu querido. Parabens.

@CrisMarassi disse...

Ah, Gil!
Se eu já me emociono naturalmente qdo o assunto é afeto, esse sua homenagem no finzinho me encheu os olhos d'água.
Filha de um banguense fanático (Sim! Isso existe!), eu sei bem o que é ver meu paizinho torcendo pelo Flamengo só pra ver a filha e o neto felizes!
Um post tao lindo quanto vc, amigo querido!
Bjao e SRN!

Stephanie Bussi disse...

Mas que lindo Gil. Que texto sensível e agradável.

Meus parabéns


@SBussi2

Jézica Lima disse...

Que texto lindo!!!
Emocionei-me ao ler e meus olhos se encheram de lágrimas quando vc citou seu avô...
Seus posts sempre nos surpreendem e nos levam a reavivar essa paixão que é ser Flamengo...
Parabéns a vc pelo lindo texto e parabéns a essa nação apaixonada que como li outro dia, (acho que foi a Dani Souto quem escreveu) e concordo com ela, somos sim uma "... torcida sem vergonha, que mesmo maltratada não foge a luta. Torcida apaixonada que carrega o time no colo e o leva até onde os outros duvidam."
Mais uma vez parabéns por seu trabalho!
Beijo enorme!
SRN
@jezicalima

@KarollChaves disse...

Que lindo Gil, me emocionei tb ^^

Como uma mãe ou uma pessoa que ama muito a outra, quantas e quantas vezes a nação pegou no colo o time e o fez acreditar que tudo é possível!

Sábado fizemos de novo! .. tenho muito orgulho de fazer parte dessa torcida! ^^

Não adianta o Mengão é dependente do colinho da Nação!

SRN

@Karollchaves

Marcos Frazão disse...

Impressionante foi o modo que vencemos aquela partida, Flamengo não jogou com apenas um em campo, a forma que abraçamos essa equipe foi um tanto quanto inexplicável. Nos momentos mais difíceis que provamos o quanto somos uma verdadeira nação, ao invés de quebrar tudo resolvemos abraçar esse time, por isso cada dia mais me apaixono por essa torcida, cada dia mais eu sinto que o sentimento rubro-negro fala mais alto, por esse sentimento atravesso o Brasil pra te ver, Flamengo tu és a razão da minha vida, um sentimento mais puro e verdadeiro que existe em mim, Flamengo te amo!

http://twitter.com/#!/marcos_frazao
http://radiodanacao.ning.com/profiles/blog/list?user=289sesokk0sjj

GuiBorges disse...

Sempre daremos colo para o nosso Mengão!