quinta-feira, 13 de setembro de 2007

QUE VENHA O PRÓXIMO VICE!

Ontem o Flamengo despachou o vice-líder do Brasileirão, Cruzeiro, com uma goleada por 3 x 1 e um futebol convincente, por incrível que pareça. As minhas esperanças não eram muitas, por conta do meio-campo estar desfalcado de seus melhores e mais habilidosos jogadores. Mas acho que foi exatamente isso - essa dificuldade toda - que fez o time se superar e jogar tão bem, especialmente sob o ponto de vista tático. Com o meio-campo muito compacto e cheio de cabeças-de-bagre, Joel liberou os laterais para arrepiarem lá na frente, mantendo o Toró como homem de ligação, com velocidade, pelo meio de ataque.

Outro elemento que também mexeu com o brio dos jogadores e foi um fator motivacional na partida de ontem, foram as críticas recebidas durante a semana após a derrota para o Inter. Souza, que estava há vários jogos sem marcar, e Léo Moura, foram os grandes personagens da vitória rubro-negra sobre o time mineiro. Mas jogadores que eu odeio com todas as minhas forças, como Jailton e Toró, também atuaram bem e ajudaram o time na vitória avassaladora.

O primeiro gol surgiu de uma jogada muito boa do Souza pela esquerda. Ele meteu debaixo das canetas do zaguerio azul, avançou e cruzou para o baixinho Toró. O moleque devolveu de cabeça pra entrada da área onde estava Léo Moura. O lateral meteu o sarrafo de pé direito e botou a criança pra dormir lá na forquilha.

Veio o 2º tempo e o Fla voltou a dominar a partida. Não demorou muito, nasceu o segundo gol, dos pés dos mesmos personagens do primeiro. Léo Moura avançou pela direita em velocidade (meu avô chamaria de overlaping), carregou até a linha de fundo e deu um balão pra trás, certeiro na cabeça do badboy Souza, que ensacou no cantinho. Aos 37, o Cruzeiro contra-atacou e fez seu primeiro, com o jovem Guilherme. Renato Augusto mais uma vez decepcionou e cansou, dando lugar ao xodó Obina. O Anjo Negro mal entrou e jogou alguns minutos, já sacodiu a roseira: aos 42 minutos, Léo Moura (ele de novo!) puxou um rápido contra-ataque, rolou pra Leo Medeiros, que deu uma catucada de primeira, deixando Obina na cara do gol. Resultado: saco e 3 X 0 pro Mengão!

Com os 3 pontos, o Flamengo foi para a 14ª posição e se afastou da região da "Casa da Luz Vermelha". Quem também se amarrou na vitória do Mengão foi o São Paulo, que agora tem 9 pontos de diferença e um jogo a menos que o Cruzeiro.

Depois dessa vitória sobre o vice-líder, o Flamengo pega outro vice no domingo: o "vice pra sempre" Vasco, que ontem também venceu por 2 X 0 o time do Atlético PR, dirigido pelo infeliz do Ney Fraco. O bacalhau está bem no Brasileirão: o time do Eurico está na quinta colocação, com 39 pontos ganhos. Mas clássico é clássico e o nosso papel é ir ao Maraca no domingo pra ver o Urubu comer o Bacalhau!

É isso, galera.

Vamos que vamos!

FORA KLEBER LEITE!!! FORA MÁRCIO BRAGA!!! ZICO PRESIDENTE!!!

4 comentários:

Alexandre Gatuso disse...

GIL!!!! OOOOOHHH!!!! VICE DENOVOOOOO!!!!! Vamos destruir o Vasco no maior do mundo!!!! 4 a 0!!!!!!! MENGOOOOOOO!!! LIBERTADORES, ANO QUE VEM, NÓS TAMOS AI!!!!

MENNNNGOOOOOOOOO!!!!

Henri disse...

Eu estava lá porra!
Xinguei demais aqueles mineiros safados!

Quando o Cruzeiro fez o gol e ficou 2 x 1 eles ensaiaram o corinho de vamos virar e depois de ão ão segunda divisão... Aí não teve jeito, a urubuzada cantou e abafou a mineirada... E então veio o terceiro gol do Mengão. Famoso fecha-caixão.

Aí foi só xingar a mineirada e dar tchau enquanto eles saiam do Maraca!!!

"Dança, Dança, Dança a dança da bundinha... No maracanã raposa virou galinha!!!"

Negão disse...

Eu também estive lá e foi bom demais esculachar a mineirada escrota. Domingo é vitória de qualquer maneira! O empate será derrota. Espero que o Fábio Luciano jogue (e bem) como na quarta-feira. Senão, acho que complica, mesmo se o Natalino Retranqueiro escalar o Thiago.

Alexandre Guimarães disse...

Thiago, não!!! A zaga tá tão bem. Tomara que o Fábio Luciano entre em campo, senão F-U-D-E-U!!!

Gil, é verdade que o Maxi vai jogar?