segunda-feira, 2 de junho de 2008

UM FLAMENGO CHEIO DE INTERROGAÇÕES

No primeiro jogo sem o uniforme da Nike, o Flamengo entrou em campo com mais interrogações do que estampava nossa camisa provisória.

Tá certo que a Frufruzada veio para se defender, para evitar gols ao invés de tentar fazê-los. Mas, apesar da importância dos três pontos - que colocaram o Mengo na liderança do Brasileirão - o jogo foi muito ruim de parte a parte.

Os jogadores que normalmente se destacam na equipe dirigida por Caio Jr, atuaram muito mal. Caso de Marcinho e Fábio Luciano, por exemplo.

A expectativa que coloquei sob o Jônatas, diante dos muitos elogios que o cara vem recebendo do treinador e de algumas pessoas que acompanham os treinos, não se efetivou. Jônatas realmente melhorou o passe, na saída do Flamengo pro ataque, mas não o suficiente para dizermos que ele resolverá a armação rubro-negra ou que poderá substituir Íbson (em boa fase), como se especulava.

Outra interrogação que ficou na minha cabeça ontem foi Tardelli. O atacante, que elogiou o Joel quando este dirigia o time e depois criticou, dizendo não ter tido nenhuma chance, mostrou que é inconstante tanto emocionalmente quanto tecnicamente. Reclamou demais, exagerou na "vontade", isso sem contar a expulsão, que eu não vi muitos motivos para acontecer, mas que prejudicou demais o elenco.

O Fluminense, apesar de estar com o time reserva, foi mais organizado no primeiro tempo e até arrumou uns lances perigosos, sempre defendidos pelo melhor goleiro do Brasil. As boas e poucas saídas do Fla aconteceram pela direita, com Léo Moura. Mas Fernando Henrique, geralmente frangueiro, salvou o Flu mais de uma vez.

No intervalo, Caio Jr bateu um papo com a rapaziada e o Fla voltou um pouquinho melhor no segundo tempo. Mas continuava esperando chegar na cara do gol para finalizar. O jogo se concentrava demais no meio-campo, tanto que as inúmeras e bizarras poças que o sistema de drenagem não suportou, acabaram secando ou virando lama. Assim, seguindo a linha ousada que tem marcado sua passagem, o "professor" meteu Renato Augusto e Maxi em campo.

Infelizmente - ou felizmente - 5 minutos depois, o juiz achou que Tardelli agrediu o meia Maurício e expulsou o atacante. O Florminense imaginou, então, que poderia vencer o Mais Querido e começou a atacar, coisa que não fez o jogo todo. Foi ai que se estrupiaram.

Maxi, que entrou muito bem, avançou e tocou para Obina, que rolou macia pro lateral Juan. Quando finalizaria, foi derrubado por Fernando Henrique. Na cobrança, Léo Moura sacodiu a roseira e fechou a tampa pro Fla, jogando o pó-de-arroz pra lanterna do campeonato, lugar onde eles sempre deveriam estar.

No final do jogo, Renato GAYúcho, em entrevista coletiva, colocou mais uma interrogação na minha cabeça. Ele afirmou que o Flu irá "brincar no Brasileirão", afinal, o time está na Libertadores. O que o técnico (?) se esquece é o fato de que, se for desclassificado na quarta-feira, o clima nas Laranjeiras não ficará muito para brincadeira. Muito pelo contrário: acho que os caras vão ter que suar muito pra alcançar os líderes da competição e reverter a atual situação da playboyzada.

Na próxima partida, pegaremos o Figueirense, no Maraca. E eu vou colocar aqui mais uma interrogação, desta vez para vocês responderem: vamos continuar jogando esse futebolzinho sonolento ou, de uma vez por todas, jogaremos como Flamengo merece atuar?

Saudações rubro-negras,

Gil

7 comentários:

Bernardo Martins disse...

A cova tricolor começou a ser cavada!

Neruso Sam disse...

Olhaí Gil
O Frangueirão do Fernando Henrique gastou toda sua sorte contra nós ontem....
Vai tomar todos do Boca.....
Caixão pra eles......
SRN

Alexandre Gatuso disse...

ESSE CARA JA ESTAVA CAGANDO NO JOGO PASSADO. TOMARA QUE ELE VOLTE AO NORMAL NP JOGO DO BOCA!!!!!!!!

Gabriel Plaisant disse...

Frangando Henrique gastou sua cota do ano, nesses ultimos dois jogos da frufruzada.

Quarta vai tomar uma sova!

Abs.

Alexandre disse...

Eu acho que tivemos um jogo atípico ontem!!!
1)Um Flamengo pouco criativo e desperdiçando oportunidades;
2)Jonatas e Tardelli ficaram devendo;
3)O goleiro dos Fru-fru catô tudo;
4)E por fim fica realmente difícil joga contra um time que não está disposto a atacar e fica só se defendendo...com 6 no meio e 3 atrás.
Sábado teremos um bom jogo... afinal o figueira não deve ficar só atrás e cá pra nós...sou muito mais Mengão...com sorte a raposa dá uma derrapada e a gente se isola na liderança.

Anônimo disse...

Uma duvida:
Esse blog, é sobre o Flamengo, ou sobre o futebol do Flamengo?

Mengão Campeão Nacional de Basquete. Cadê a matéria?

FÁBIO GIL disse...

É sobre o futebol do Flamengo mesmo e coisas relacionadas a isso, como o Zico, por exemplo. Se quiser saber sobre basquete, visite o excelente blog www.flagol.blogger.com.br

Saudações rubro-negras,

Gil