sábado, 5 de julho de 2008

MENGÃO TEM QUE GANHAR!


Hoje é dia de atropelar. Não tem conversa. Não tem acordo. O Náutico vai bem, joga ofensivo, mas a Nação só quer ver um resultado: a vitória. Mais 3 pontos conquistados significa a manutenção da liderança do Mengo no Brasileirão e mais um passo rumo ao hexa.

Da última vez que a gente jogou em casa, a galera lotou o Maior do Mundo pra ver o jogo contra o São Paulo, mas a defesa decepcionou e acabamos perdendo. Agora, amigos, não podemos vacilar.

Sei que vamos pra campo desfalcados, com Dininho e Kleberson substituíndo Fábio Luciano e Íbson, respectivamente. Mas não acho que isso enfraqueça nossa equipe, não. Até porque os dois jogadores estão brigando por uma vaga no time e vaõ querer, mais do que nunca, mostrar serviço.

Com a possibilidade da saída de Íbson, Kleberson se diz pronto para ser o titular. E, de fato, o cara parece ter recuperado sua confiança e vem entrando bem nos jogos. Contra o Ipatinga, fez um golaço e foi fundamental.

Já Dininho terá sua primeira chance de vestir o Manto Sagrado. É a hora de mostrar pra gente para quê ele veio. É o momento da justificativa dele com a torcida. E acho que o cara vai assumir bem.

De resto, continuamos com Renato Augusto no meio, armando, e Obina no ataque, preocupando os malucos. E o saldo do "Anjo Negro" contra times nordestinos é excelente desde que chegou ao Fla. Parece que ele recorda dos tempos em que jogava no Vitória e pegava os caras na Copa Norte-Nordeste. Contra o Sport, em Recife, fez os dois. E deverá meter aqui no Maraca também, contra o Náutico.

Além disso, o time pernambucano vem com vários desfalques e suspensões, o que tornará o nosso trabalho, em tese, mais fácil. Não jogam hoje Everaldo, Negretti, Ticão e Alceu, suspensos, além de Warley, machucado. Em seus lugares entram Luizão, Vágner, Radamés, Paulo Almeida e Felipe, respectivamente.

Depois da euforia com a derrota do Flu na Libertadores, causada pelas provocações e citações que o Renato GAYúcho fazia sobre o nosso time, nosso treinador tentou acalmar os jogadores e pediu foco no Brasileirão. Ele citou o bom começo do Náutico na competição como um exemplo da força dos caras hoje e disse aos jogadores que não podemos achar que vamos ganhar o jogo a qualquer momento.

Para Marcinho, o alvirrubro vai cair em cima do Mengão tentando mostrar o seu valor:

"Temos que respeitar muito o Náutico. Vamos jogar no Maracanã, na nossa casa, com o apoio da nossa torcida, mas, no time deles muitos jogadores vão querer entrar para mostrar trabalho. Jogar contra o Flamengo dá destaque na mídia. É a oportunidade que os reservas têm de derrotar uma equipe grande e conquistar uma vaga de titular. Temos que tomar a iniciativa e atacar desde o começo. Vencer é fundamental, nossos concorrentes terão adversários difíceis".


O Mengão já enfrentou o Timbú duas vezes no ano passado. Venceu uma por 2X1 no Maraca, de virada. Depois perdeu nos Aflitos, por 1 a 0, quando já estava relaxado e classificado para a Libertadores. Chegou a hora do tira-teima.

Vamo que vamo, Mengão!

Gil

2 comentários:

vôo do urubu disse...

é verdade BRASILEIRO É OBRIGAÇÃO.
TEMOS Q GANHAR.
E VAMOS GANHAR.

MEU PALPITE PRA HJ:
Flamengo 3 x 1.

mengao

vou botaR o links de vc , gravado la no meu blog blz?
se der tem como colocar o meu blog ai no links de vcs.

um abraço.

MENGAO RUMO AO HEXA

Jean disse...

atropelamos!