sexta-feira, 28 de agosto de 2009

4-4-0

Galera,

Agora que não conseguimos trazer o Vagner Love e perdemos o Emerson, fiquei levemente preocupado com o setor ofensivo do nosso Flamengo. Como se não bastassem as milhares de ausências por contusões, ainda tá rolando um papo brabo de que Obina e, principalmente, Adriano, não ficarão no clube no ano que vem.

Por enquanto tudo isso é apenas rádio-corredor, mas eu acredito intensamente que onde há fumaça, há fogo.

Adriano já está fazendo corpo mole em algumas partidas. Tive certeza de que ele queria ser expulso na derrota para o Avaí, por conta daquele bico acintoso que ele desferiu sobre o pobre magrelinho do time catarinense. Mas o juiz peidou e ele permaneceu em campo. Dias depois, foi convocado e curiosamente, sentiu a coxa durante o treinamento para o Fla X Flu.

Enfim, se tudo isso que estou destacando aqui realmente se concretizar, nos sobrarão apenas Denis Marques e Maxi, para formar a dupla de ataque do rubro-negro em 2010, formação que me deixa bolado dentro das calças.

Nem mesmo na briga pelos atacantes merrecas de Santo André, São Caetano e Portuguesa o clube tem sido bem sucedido nos últimos dias. Todos estes fatores tem gerado uma certa apreensão em quem torce pelo Fla, como eu.

Gil

2 comentários:

Alaina Paisan =) disse...

Zé Roberto e Dênis Marques no ataque contra o Santo André. Que os deuses nos protejam.

Negão disse...

A Segundona é ali...