quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

NA HORA CERTA!



O resultado do jogo de ontem foi bom para o Flamengo. E antes que vocês me xinguem (como alguns mais exaltados já fizeram no Twitter), eu explico. É claro que o 2X1 pro Botafogo nos deixou de fora das finais da Taça Guanabara, o que não é nada bom a curto prazo. Contudo, a médio e longo prazo, servirá como despertador para o resto da temporada de 2010, uma das mais importante e promissoras para o Flamengo em muitos anos. Temos pela frente uma Libertadores e um Brasileirão onde os vacilos de ontem a noite não poderão se repetir.

Ficou claro que não dá mais pro Andrade passar a mão na cabeça de ninguém nem tentar tapar o sol com a peneira. A defesa do Flamengo está terrível e foi a culpada pelo empate e a consecutiva virada do time alvinegro. E não trata-se de injustiça da minha parte com o Angelim, que é um ídolo do nosso clube. Trata-se de pensar no que é melhor pro Flamengo, e o "Magrão", atualmente, não é o melhor jogador para a nossa zaga definitivamente. Aliás, nem mesmo o David tem entrado bem em campo, o que torna fundamental a contratação do tal zagueiro que se promete há muito tempo na Gávea.

A minha expectativa de que o Williams traria mais segurança para a defesa, realmente se confirmou e o time do Bota teve que atacar pelas laterais, onde não costuma ir muito bem. O nosso camisa 8 voltou roubando as bolas, como fazia antes, e cobrindo os avanços pela lateral direita. O problema é que as poucas bolas que escaparam, ambas alçadas para a área lá da intermediária, SEMPRE encontraram os jogadores alvinegros desmarcados. E foi assim que eles empataram e viraram a partida.

Mas atenção: EU NÃO ESTOU BUSCANDO VILÕES, simplesmente acho que o time como está não vai render o que esperamos na Libertadores. Porque a pressão dos jogos fora de casa será IMENSA e nossa zaga (talvez a equipe inteira) não tem estrutura e organização suficiente para suportar.

Além do sistema defensivo, Adriano também não apareceu em campo ontem. O Imperador até começou bem a partida, mas pareceu um pouco distante no decorrer da partida e não rendeu o suficiente para "se dar de presente" um gol na semifinal do Cariocão. Aliás, por falar nele, confesso que fiquei bem chateado com a entrevista que o cara deu pra tv italiana, dizendo que já está feliz novamente e que poderia retornar pra Itália. Mas também não adianta ficar se iludindo que o cara continuaria por aqui depois da Copa... enfim.

De qualquer forma, é claro que não houve só problemas no jogo de ontem. Love se dedicou muito em campo e só não marcou porque teve MUITO azar. O atacante enfiou uma bola na trave, uma chance defendida por Jefferson e outra que ele chegou atrasado e acabou mandando pra fora.

Juan, mais uma vez, atuou com eficiência no ataque. O problema é que o baixinho acabava sempre errando o último passe, que é o fundamental.

Kleberson não me pareceu aquele jogador frio e sem sangue. Se movimentou bem, deu bons passes e fez o meio-campo jogar com mais velocidade.

E, por fim, Vinícius Pacheco, que além de abrir o placar, se movimentou bastante e mostrou que o Pet não vai voltar ao time principal tão cedo.

O importante é botarmos na cabeça que nem sempre vamos ganhar. E ainda bem que a derrota e as pequenas falhas aconteceram agora. Porque poderiam ter acontecido no segundo semestre, o que seria muito mais traumático do que a perda da Taça Guanabara.

VAMO QUE VAMO, MENGÃO!

Gil

10 comentários:

Ique Muniz (@iquemuniz) disse...

Falou tudo Gil...

Foi assim que rebati os comentários e gozações por aqui e respondi no meu twitter alguma coisa.

Nem vou acrescentar, porque realmente dividimos a mesma opinião

Caio de Almeida disse...

Gil, achei realmente que veio em boa hora. Muita gente está alegando que o Flamengo jogou mais e coisa e tal. Mas já houve as decisões em que o Botafogo foi superior e nós ganhamos, certo? Chegou a vez dos caras. O fundamental é que a gente tire lições dessa derrota.

SRN

Neruso Sam disse...

E ae Gil...
Faz tempo que não comento mas to sempre de olho no URUBUZADA.

A pior coisa disso tudo é pro próprio histórico da Taça Guanabara, que este ano não vai ter campeão e sim DOIS VICEs..

SRN

Nelsinho

Helder Rodrigues Bino disse...

Tá na hora de parar com esta besteira de achar que o Flamengo é o MAIOR, é o MELHOR, e outras IDIOTICES MAIORES...a zaga formada por Álvaro e Angelim NÃO DÁ...com os dois juntos passaremos vexame na LIBERTADORES...Léo Moura e Juan são INÚTEIS e tá na hora de serem barrados...com os dois no mesmo time passaremos vexame na LIBERTADORES..não temos mais Aírton, e Maldonado faz falta prá cacete...Love continua bem com todos nós, mas Adriano tá devendo MUITO...a entrevista pros italianos antes do jogo foi um chute-no-saco....êsse Vinicius Pacheco é "bonzinho", mas não é o meia que queremmos para o Flamengo...sabemos que o Petkovic vai parar, mas hoje o PET tem que ser TITULAR ABSOLUTO...ainda é um dos raros talentos do futebol mundial...Andrade é muito BONZINHO e não tem moral(PEITO) prá barrar essas malas que atrapalham o time, como os dois laterais, MANJADOS e SEM-NENHUMA-CRIATIVIDADE...de que adianta ter dois grandes atacantes se a bola não chega com qualidade nos caras lá da frente...o Wanderley Luxemburgo está mal no Atlético-MG e seria uma ótima pro Flamengo encarar a Libertadores...o Andrade foi importantíssimo no Brasileiro, mas não tem "PUNCH" ou a "MALANDRAGEM" de um Wanderley ou de um Joel Santana prá fazer o Flamengo sonhar com a Libertadores...temo por um fracasso nesta competição...puto da vida, mas Flamengo ATÉ DEPOIS DA MORTE...Helder...Goiânia.

Panta disse...

Fala Gil!

Também não acho o fim do mundo este resultado, embora o tenha achado injusto. Não gosto de perder nem par-ou-ímpar, por mais que saiba que derrotas acontecem.

Continuo achando falho todo o Sistema Defensivo, e não a zaga em particular. Está provado que o monstro Maldonado faz muita falta - era o fator de equilíbrio do sistema, além de saber como poucos como dar qualidade à saída de bola da defesa para o ataque - e que o Aírton, após o trabalho psicológico feito nele pelo Andrade, era importante para este equilíbrio também.

Não acho o Kléberson jogador para o Flamengo. Ele não acrescenta muita coisa com seu futebol burocrático, de muitos toques e passes para trás e para os lados, assim como o Toró é, no máximo, uma alternativa para o banco de reservas, quando precisarmos reforçar o desarme...

É inadmissível que o Pet, tendo recuperado a forma física, permaneça no banco de reservas. Ontem, numa das primeiras de suas jogadas, mostrou como não é preciso reter a bola por muito tempo para criar jogadas agudas e de extremo perigo para os adversários: aquela enfiada de bola para o Bonecão de Posto Adriano - que ontem ainda estava com esta fantasia em campo - mostrou porque um craque diferenciado é assim chamado, pois tem uma visão de jogo também diferenciada, vendo no simples o efetivo.

Não tiraria o Pacheco para a entrada do grande Pet; poria o Pacheco para fazer o papel que o Zé Roberto fazia com eficiência no ano passado e com isso nosso meio de campo ofensivo teria muito mais eficiência tanto para municiar os atacantes quanto para manter a bola mais tempo na frente, o que aliviaria bastante a sobrecarga no sistema defensivo!

Adriano é exatamente o que vimos: há jogos em que é o fator de desequilíbrio, quando chama para si não apenas a responsabilidade de fazer os gols como também de municiar os companheiros ao distribuir jogadas, e há jogos em que é o Bonecão de Posto, com um futebol sem brilho, sem vontade e previsível. Sem querer ser maldoso ou buscar culpados individuais, ontem ele foi em campo uma prova viva de que o Carnaval na "privacidade do lar, com os amigos apenas" pode ser tão ou mais danoso quanto o na Sapucaí...

Vagner Love ontem só não teve sorte, pois buscar ele buscou durante todo o tempo; se marcasse 1 ou 2 gols ontem não seria nada de mais e aí seria declarado o craque do jogo!

Andrade, meu querido Tromba, retome logo a ousadia que você se viu obrigado a ter no final do ano passado! Não ceda à tentação fácil de colocar 200 cabeças-de-bagre para defender e destruir; ano passado nos crescemos quando ousamos retomar a tese de que a melhor defesa é o ataque!!

É isso!

AF STURT disse...

O comentário do Hleder só pode ser uma piada.Ou um discurso utopico.

Panta disse...

Um adendo: "torcedor" do Flamengo que adota o caminho fácil e fala mal dos zagueiros, dos laterais e do Andrade não merece atenção porque é apenas mais um modinha, esta modalidade de seres que começou a existir no SPFW e que, infelizmente, se espalha hoje pelo Brasil! Me desculpem os incomodados, mas esta é a minha humilde opinião...

SRN

Anônimo disse...

Estamos fazendo muita tempestade com essa derrota. Na moral, vocês achavam que essa equipe era imbatível? Uma hora iriamos perder. E ainda vamos perder mais, pode ter certeza.

Quanto ao time do Mengão, continuo achando um time muito bom. E concordo que o Angelim deva esquentar o banco um pouco, acho que o David vem entrando bem. E ontem temos que admitir que o Andrade errou em sacar o V. Pacheco, acho que o Pet realmente deveria entrar (inclusive fui um dos que gritou seu nome), mas no lugar do Kleberson, que estava sonolento.

É isso, paciência, se a cada derrota rolar essa tempestade, daqui a pouco vão pedir a cabeça do Tromba, que seria uma grande injustiça. Pra mim ele fica no Flamengo, por muito tempo. Gosto muito do seu trabalho, e ainda por cime é Rubro-Negro!!!

SRN
Gabriel Plaisant

Cris Marassi disse...

Perfeito o que vc disse: esse jogo serviu como um despertador pra temporada 2010! Hora do nosso time acordar! Hora de repensar as falhas que estamos reclamando desde o inicio do ano, mas deixando passar pq estávamos chegando... Mais do que na hora de levantar, sacudir essa poeira braba e dar uma senhora volta por cima. Bem por cima! Pq é isso que eu e milhoes de Flamenguistas queremos.

SRN!

Cris Marassi disse...
Este comentário foi removido pelo autor.