quinta-feira, 2 de setembro de 2010

TROCANDO O PNEU COM
O CARRO ANDANDO



A expressão "trocar o pneu com o carro andando" traduz perfeitamente a missão que Silas, a comissão técnica e os jogadores deverão encontrar ao longo desse Brasileirão. É isso ai! Teremos que acertar tudo o que não está funfando lá no Mengão enquanto a bola rola, sem resmungar ou ficar de chororô, porque isso não é coisa de rubro-negro que se preze!

O treinador é novo e (felizmente), foi sujeito-homem e botou o time para atacar depois de um bom período em que o Flamengo só fazia se defender. Mas agora, rapeize, o cara vai ter que se virar do avesso pra acertar a nova postura (e a marcação) ao longo dos jogos (e ele sabe disso). Essa missão de arrumar as coisas enquanto a bola rola também servirá pros jogadores, recém-contratados ou não, que PRECISAM readquirir a forma e o ritmo de jogo dentro de campo ou compensar isso com mais empenho.

A nós cabe ter um saco com elefantíase pra continuar apoiando o time jogando esse futebol mulambento, afinal, é pra isso (torcer) que torcedor existe!



Quero deixar claro pra quem ainda não sacou que não temos o pior elenco da competição, nem de longe! Mas é claro que a situação atual não é agradável que nem mulher saindo do banho e com cheirinho de sabonete. Nenhum rubro-negro são acha maneiro estar mais perto da Z-4 do que do G-4. Mas vale entendermos algumas questões que podem evidenciar um futuro bem melhor pro nosso Mengão, questões estas que vou citar abaixo.

Primeiramente, parece evidente que estamos pagando um preço pela demora na definição dos reforços, seja por falta de grana ou outro fator administrativo-financeiro. Com isso o time acabou não tendo tempo suficiente para se preparar e se entrosar antes do retorno da competição. Então temos que fazer isso a partir de AGORA!

Contamos também com um elenco muito mais envelhecido, o que compromete o condicionamento físico, já que, com algumas exceções, jogadores mais velhos costumam demorar mais para entrar em forma do que os bezerrinhos.



Por último, mas não menos importante, há o aspecto tático. Silas acabou de entrar no ônibus e já mandou os jogadores pisarem fundo, rumo ao ataque. Fazendo isso, obviamente alguns "buracos", que antes eram escondidos na covardia tática de Rogério Lourenço, começaram a aparecer. Então, o papel do treinador será botar na cabeça da galera que atacar não é bancar o kamikaze. Temos que ter equilíbrio para podermos partir pra cima sem levarmos uma goleada. E o macaco da Borracharia Flamengo está nas mãos do Silas, que terá que trocar o pneu com o carro andando mesmo, não tem jeito.

Se você até agora não sacou onde está a tal "possibilidade de melhora" que eu falei, eu explico: se o preparo físico ficar bacana e a galera estiver na ponta dos cascos, o entrosamento virá naturalmente. Com o entrosamento, a compreensão tática fica facilitada. E vale destacar que o Silas já olha pro Pet como um jogador de 37 anos que é capaz de fazer o time jogar, mas, por motivos óbvios, não consegue voltar pra marcar. Além disso, teremos a estréia de Deivid e a volta de Diogo, que já nos dão esperanças (e como) para que o ataque saia do jejum bizarro.

Agora, se você leu todo o post e não conseguiu ver como o time pode melhorar, então vá torcer pelo Flor, pelo Foguinho ou pelo Bacalhau Imundo. Porque rubro-negro que é rubro-negro acredita SEMPRE!

VAMO QUE VAMO, MENGÃO!

Gil

OBS: Domingo eu tô lá no Maraca e no #NacaoTwitter

8 comentários:

Allan Kardec disse...

Saco cheio é pouco......

Daniel Bonn disse...

Ontem eu percebi como o Flamengo precisa de uma reformulação urgente no elenco.

[CRF]Raulzin disse...

O time melhorou sim, isso ficou muito evidente. Poucos minutos de jogo eu olhei e falei "Ih rapaz, jogo ta bom", fazia tempo que não falava isso em um jogo do Flamengo.

Se jogasse assim contra o Atletico MG teria ganhado facilmente, contra o Guarani teria goleado.

Com a chegada do Deivid e a volta do Diogo acho que agora o time engrena, se jogar do mesmo jeito contra o Santos, temos muitas chances de vencer e vencer bem.

@RaulzinUBZ
http://fla-amizade.blogspot.com/

André Luiz de Ávila disse...

"Trocar o pneu com o carro andando" é muito complicado. O Silas vai ter q trabalhar muito.
O time vai ter q treinar muito.
Vamos ver o que acontece agora no Br2010.
Não podemos parar de apoiar, apesar do saco cheio e ter q aturar o Val Baiano no nosso ataque...

bettyrib disse...

E não é que tá certíssimo? Li o post e já levantou meu astral... rubro-negro que é rubro-negro acredita SEMPRE! #SRN

Octavio Machado disse...

Parabéns, Fábio. A gente viu o mesmo jogo e estamos vendo a situação atual da mesma forma.

Dá uma chegada lá n'Os 4 Grandes...Rubro-negros com as suas sacações são bem-vindos.

http://os4grandes.com.br/flamengo

Abraços

JEFF disse...

Gil,ótima metáfora. Concordo que o ônibus precisa ir em frente e, durante uma corrida, pisar fundo é sempre melhor do que meter o pé no freio. Porém, o problema foi tentar mudar a tática só na base da conversa. Não tinha como dar certo colocar o Corrrêa de 3º zagueiro e liberar os laterais sem treinar. Vamos melhorar gradativamente. Estou certo da vitória domingo. FLAmém, irmão! JEFF @igrejaflamengo http://igrejaflamengo.blogspot.com

Felipe de Gouvea disse...

5/9, 18h10 - 0 a 0 com o Santos.

É galera, as contas que temos que fazer esse ano é para não cair. Os reforços vieram tarde demais e o fim do returno chega antes deles se entrosarem...