segunda-feira, 8 de novembro de 2010

CHUTA, CACETE!



Ontem a noite, lá em Volta redonda, o Flamengo não jogou tão mal. O time dominou o Patético Paranaense, mas acabou perdendo a partida por um detalhezinho, como diria Carlos Alberto Parreira. Se não fosse o Juan ter parado em campo, reclamando com o árbitro, se o lateral tivesse voltado, talvez o Maldonado não tivesse chegado atrasado e cometido aquele pênalti, o único detalhe que nos separou da vitória. Aliás, o post de hoje irá falar exatamente sobre isso: os detalhes que estão nos separando de uma vitória e de voltarmos a ser um time vencedor.

Pra começar, já há um detalhe no título deste post. Não fosse por aquela virgulazinha que separa o verbo CHUTA do substantivo CACETE, poderiam me acusar de incentivar vocês a chutarem os genitais de alguém. Mas, não. Esse não foi meu objetivo, apesar dos ultimo jogos do Flamengo estarem sendo um verdadeiro "pé no saco". Meu intuito, na verdade, é apenas incentivar os nossos jogadores a chutarem para o gol, arriscarem mais, para, de fato, tentarem vencer as partidas. Porque esse é o principal "detalhe" que nos fará voltar a conquistar os 3 pontos.

É CLARO que não citei o deprimente Carlos Alberto Parreira à toa. Há alguns anos atrás, quando questionado sobre o pragmatismo e a falta de objetividade de seus times, o treineiro tetracampeão mundial respondeu que "no futebol, o gol é apenas um detalhe". Mas assim como a vírgula no título deste post, o gol é um detalhe que faz toda diferença. E, de alguma forma, mesmo com todas as tentativas de Luxemburgo em tornar o Flamengo uma equipe mais agressiva, continuamos sem acertar muito o gol, a não ser quando os adversários erram.

Outro detalhe que precisa ser destacado neste Flamengo de 2010 é a falta de tesão com que se jogam as partidas. A base deste elenco, jogadores com 4, 5 anos de clube, parecem enfadados em campo e não apresentam mais aquele desejo, aquela motivação de quem pretende vencer a qualquer custo. Das conquistas deste elenco do Fla nos últimos anos, que estimularam tanto jogadores quanto a torcida, TODOS, sem exceção, foram protagonizados por jogadores novos, vindos da base ou de outros clubes e que hoje já não estão mais na Gávea.

Íbson, Adriano, Vagner Love, Renato Augusto, Everton, Fábio Luciano, entre outros, serviram de oxigênio, mas deixaram o clube pouco depois. E hoje, sem um grande líder, alguém que traga novidades pra dentro de campo, o Flamengo de 2010 é um time preguiçoso, acomodado e previsível.

Mas o perigo é a contaminação. Se os principais jogadores do clube agem como se "o casamento tivesse acabado", como é que vamos cobrar de meninos como Diego Maurício, Galhardo e Negueba, manter essa "chama" acesa? Fica complicado.

Na minha opinião, o Flamengo de 2011 pode voltar a ser vencedor como antes. Mas para isso precisa acertar alguns detalhes: uma ampla reformulação, a começar pelo time, que, segundo Luxa, será refeito. Uma reformulação na mentalidade dessa diretoria, que precisa dar mais valor ao torcedor e à marca Flamengo, para poder arrecadar mais e melhor. E, por último, uma mudança na cabeça de nós, os torcedores. A gente precisa parar de querer ganhar sempre (ou de torcer só quando o time ganha), bancando as crianças mimadas, e entender de uma vez por todas que reformulações exigem mudanças radicais e que TODA MUDANÇA exige adaptação. Do contrário, podemos botar o Zico, o Junior, O Leonardo, o Zidane e o José Mourinho juntos lá na Gávea, que NADA dará certo.


VAMO QUE VAMO, MENGÃO!

Gil

9 comentários:

Nivinha disse...

Mesmo não chutando a gol (esse foi nosso maior problema hj, na minha opinião), o que está sendo essa arbitragem do Brasileiro? O cara extremamente mal intencionado, podendo expulsar uns 2 do adversário e nada. Encheu nosso time de cartão.
Eu tô cansada desse ano nosso…muito cansada. Espero ganhar do outro Atlético, o mineiro, no sábado. Demos a sorte de todos terem tropeçado. Mas não podemos ficar nessa situação. Isso é Flamengo porra!
SRN

@NivinhaFla
http://www.flamengoaspirinaseurubus.blogspot.com

Caio de Almeida disse...

Meu caro, Gil. Concordo com você em gênero, número e grau. Urge a necessidade de renovação no Flamengo em todos os setores. Até a nossa torcida tem que se reiventar, porque estamos ficando cri-cris demais e ajudando pouco. Mas esse elenco que está ai, de fato, não dá mais pra aproveitar.

SRN

lindinhamatos disse...

Adorei, mas é o q sempre falo pro painho, poxa tem q pegar uma semana no CT e por os caras pra chutar, eh um medo dessa bola... As vezes parece time desorganizado, podendo chutar, e acaba por passar a bola e mete um contra ataque fudido... Mas o jogo de ontem tbm teve a ajuda do seu José Henrique Carvalho deu uma ajuDONA pros "patéticos" (boa) neh, nao podia tocar naquelas moças q era falta e os caras batendo, tinha um argentino q nem sei o nome q batia pra C* e ele nem cartao n dava... soh era falta se pissase no pescoço? Gostei do menino G. Negueba, mais qual posição q ele deve jogar tem q ser definida, tinha hora q ele enfrentava msmo, levava a bola e.... bicuda.. =// SEi não, mas tow otimista e espero q ganhemos do galinhu... pq senao a coisa empreta pro mengao.. e sobre "ma reformulação na mentalidade dessa diretoria" só se tirar mesmo a Patinha pq ela esta acabando com o mengao... mulher como ela tem q estar na cozinha...

Aqui não eh cantina nao, eh FLAMENGO!!
bjus**
p.s. ainda de luto por Toriz..

Felipe Machado disse...

Por mim, ficam Léo Moura, Maldonado, Willians e Diego Maurício.

Esse elenco já deu o que tinha que dar.

Que venha 2011 porque 2010 simplesmente não existiu no calendário do Flamengo.

TORCIDA FLAMANOLOS disse...

Também acho que seria necessário uma renovação. Juan e Angelim já podem dar adeus.
Volta Ibson, Love e Imperador. Melhor jogador "cachaceiro", mas que faça gol.

@RenatoCroce (Alexi Lalas)
www.flamanolos.blogspot.com

Leila Neiva disse...

Precisávamos de atacantes, e contrataram a dupla D2. E onde estão os dois? Deivid foi menos 1 ontem! Negueba mostrou que não é qualquer um. Mas, não soube (ou não sabe) finalizar. Ta faltando GOL!!! Eu queria tb o Imperador de volta. Mesmo bêbado, ele faz gol!

JEFF disse...

Pois é Gil, está dando vontade de tirar a vírgula do título do seu post. ashuashuashua
A coisa está feia. Mais do que a(pouca) qualidade dos atacantes, para mim, o motivo de não chutarmos é não termos um bom armador.
Este ano ninguém jogou bem por ali. Não tivemos qq jogador com capacidade e visão para deixarem atacantes em boa posição como Pet fez no ano passado. No ínicio do ano, Adriano e Love compensavam, mas, mesmo assim, já não era a mesma coisa do ano passado.

Veja o Negueba. Atuou com vontade, mas na hora de chutar pareceu o Jean, o Pacheco e tantos outros que vieram da mesma base. Parecem que não treinavam chutes a gol, caramba.

Qto a reformulação, tenho sérios receios do Vanderlei comandando a mesma auxiliado pelos atuais gestores do clube. Quem pagará a conta? Já vimos este filme e o resultado é a enorme dívida atual.
FLAmém, irmão!
@IgrejaFlamengo
http://igrejaflamengo.blogspot.com

Dja Santana disse...

Muito triste ver o Flamengo deste jeito, em outros anos como 2007 e 2008 (sem citar 2009), o time jogava com mais garra com mais raça... via até um padrão de jogo. Como disse uma certa vez a uma amigo o problema do flamengo é que os titulares não tem sombra, não tem no banco alguém que realmente ameace a permanência no time titular; então cria-se uma zona de conforto que só vai acabar quando começar neguin esquentar o traseiro no banco sabendo que tem alguém que está no seu lugar mesmo não tendo o mesmo potencial porem tem raça e vontade de vencer.

Acredito em um 2011 melhor desde que exista um verdadeiro sacode no elenco, manda embora quem esta apenas fazendo numero e trás quem pode dar resultado.

SRN

@DjavanUrubuzao

Octavio Machado disse...

Escrevi exatamente sobre esta necessidade de chutarmos em gol. Tá difícil de aturar aquele toquinho a mais que sempre estraga tudo.

Veja: http://os4grandes.com.br/flamengo/o-martelo-e-o-prego-nao-se-entendem

Abraços e saudações rubro-negras sempre!