segunda-feira, 11 de abril de 2011

MEIO CHEIO OU MEIO VAZIO?

 

2X0 sobre o Bostafogo ontem no Engenhão, e o Flamengo de Luxemburgo permanece invicto em 2011. Já são 21 jogos na temporada, com 15 vitórias e 7 empates, um aproveitamento superior a 82%. Melhor que a gente no país, só mesmo o Coritiba, clube cuja invencibilidade já chegou a 29 partidas.

No entanto, mais uma vez ficou claro que os números podem enganar e o Flamengo, jogando bola, ainda não justifica o excelente percentual de 82%. O time não joga um futebol esplendoroso. É, certamente, uma equipe voluntariosa e dedicada. Mas não dá espetáculo como todos gostaríamos de ver.


Mas, pera lá. Vamos refletir só um pouquinho. Será mesmo que isso é motivo para tanta insatisfação? Será que é justificada a vaia que os jogadores receberam na vitória contra o Duque de Caxias? Será que não estamos "pesando a mão", quando poderíamos estar mais "ao lado" dos jogadores e, consequentemente, do Clube?

Vejo muita gente criticando ferozmente o Luxa, alegando que estamos ganhando apenas porqueno Carioqueta só enfrentamos pesos-mortos. Mas, como bem escreveu Rica Perrone em seu blog: "Ok, mas e os outros? Estão jogando Copa do Mundo por acaso? Se só o Flamengo tem 21 jogos sem perder algum mérito deve ter".

Não esqueçam que o elenco do Flamengo foi AMPLAMENTE remodelado em 2011. Jogadores dispensados, outros negociados, alguns chegando e o Luxa teve a sua tão sonhada chance de tocar um trabalho desde o começo da temporada no Flamengo. A despeito dos times pequenos, vale destacar que enfrentamos o Fluminense campeão brasileiro e um Botafogo entrosado e formado há mais tempo, que arrancou na competição nacional. No entanto, ainda assim, fomos campeões do primeiro turno sem correr nenhum graaaande risco, vocês hão de concordar.

Luxemburgo obviamente foi impopular, incauto e, de certa forma, insubordinado, ao vetar Adriano publicamente em nome do Flamengo, que carece DEMAIS de um atacante ainda. Isso desagradou a boa parte da nossa Nação, que queria ver o Impera vestindo o Manto novamente. Mas não vejo nenhum motivo para pessimismo, para achar que o copo está meio vazio.

Volto a repetir o que já disse aqui, nos #Livecasts e no Twitter URUBUZADA: a história só lembra dos títulos e não da qualidade do futebol apresentado. Em 1992 e 2009 jogamos um futebol bem abaixo do que se sonhava. O mesmo vale para as Copas do Brasil de 1990 e 2006. A diferença é que nesses anos, a torcida colocou o time no colo e apoiou o tempo todo, mesmo com muitos percalços. E quando a gente está junto dos caras, o futebol aparece, não tem jeito.

Como bom otimista que sou, acredito que o copo esteja meio cheio. E, no que depender de mim, o Flamengo, o Luxa e o time terão todo apoio para chegar ao fim da Copa do Brasil, da Sulamericana e do Brasileirão com o copo cheio até a boca.

VAMO QUE VAMO, MENGÃO!

Gil

5 comentários:

vanessa lopes disse...

o q eu vou dizer aqui pode se virar totalmente contra mim em alguns moemntos: apesar de a nação ser a mais bonita, a mais raçuda, ainda não é a mais fiel, sim é uma alusão à fiel que eu acompanho de perto por minha família ser paulistana e corinthiana, existem sim, casos isolados de agressão, mas no geral e torcida está SEMPRE ao lado do clube, em qualquer que seja o momento. E se existe uma coisa com que podemos aprender com eles é isso: FIDELIDADE. A nossa relação com o MENGÃO é como um casamento: na alegria e na tristeza, na saúde e na doença até que a morte nos separe. Eu vos pergunto: -Se fosse o Flamengo a cair naquele ano e não o Curinthia, você meu irmão torcedor, estaria chorando e cantando apoiando seu time, ou vaiando? A escolha é sua, mas saiba o quanto isso estimula seu clube, seu amor, vide a campanha do ano seguinte do curinthia!
REPENSEMOS!

Caio de Almeida disse...

Eu não tenho inveja de torcida alguma. Somos a maior e a melhor. Mas estamos nos tornando muito alienados. Está claro que o grupo está fechado e confia no potencial do Luxemburgo. O cara é estressado, cobra muito, mas sabe construir bons times. Temos que parar de torcer contra ele, porque isso significa torcer contra o próprio Flamengo.

Para mim o copo também está meio cheio, Gil.

SRN

Anônimo disse...

Eu tô satisfeito!

Mengão, o bem dotado, sodomizando a freguesia numa nice!!

O que tá ruim (lat. esq. e ataque), não tem como melhorar agora.

Então deixa pra Burityzar (hehehehe) quando começar a desandar.


SRN

@bellhara

JEFF disse...

Gil,
Numa feliz coincidência (feliz, para mim, claro) escrevi sobre o mesmo assunto utilizando-me da mesma analogia.
Posso te assegurar que não existiu plágio de minha parte (você publicou primeiro).
Assim, só posso concordar com o que escreveu!
FLAmém!
JEFF

Neruso Sam disse...

Olhaí Gil
Faz um tempão que não escrevo...
Prefiro a letra escrita do que a Falada, então apesar dos seus LIVECASTS mantenha a letra em dia porque seus posts são sempre muito bons.

Bom, eu sou eternamente otimista.
Acho que o Mengão do Luxa está pro futebol assim como o estudante de INGLÊS está para o telefone.

Explico...

Quando perde a timidez e começa a falar ao telefone, é porque encaixou...ai ninguém mais segura o cara....

O flamengo tá assim....quase jogando bem....mas as vezes jogando mal...

Quando perder a timidez vai arrebentar, pode ter certeza...

E não esqueçamos de uma comemoração importante deste ano além dos 30 anos do Mundial...

Dia 27/05 faz 10 anos do tetra-Tri...e consequentemente 10 anos do GOL DO PET.....

Saudações
Nelsinho