sexta-feira, 10 de setembro de 2010

"PARRABENS PARRA VOCÊ"


40 do segundo tempo. O mar em preto e vermelho começava a diminuir. Muita gente já deixava o Maraca... "Infiéis!", pensei. Uns poucos se levantavam, caminhavam até a boca do túnel e paravam, dando uma última olhada para o gramado à espera de um milagre.

Todos estavam de pé, mas ninguém gritava o tradicional "Senta!". Na verdade, ninguém conseguia dar um pio. A não ser do outro lado do estádio, onde, ansiosa, estava a torcida do maior rival sacudindo suas bandeiras mesmo diante do placar adverso.

Ironia, vencer por 2X1 significava perder o campeonato.

No desespero, o time rubro-negro mergulhava no ataque como se fosse a última coisa que lhe restasse fazer na vida. O time da cruz de malta, virtuoso inimigo, tocava a bola de lado e matava todas as jogadas, almejando contar com a parceria do relógio.

Mas o relógio, genioso, dividiu-se em sua predileção. Enquanto o ponteiro dos segundos apressou-se em ajudar os alvinegros; seu irmão, o ponteiro dos minutos, seguia numa toada vagarosa, valorizando a luta dos guerreiros da Gávea.

Aos 43 minutos, falta para o Flamengo. "Falta em cima de quem?", perguntou um camarada ao meu lado. "Sei lá, irmão! É falta pro Flamengo e o Pet vai bater".

Silêncio total.

Olhei para o relógio e o ponteiro dos segundos acelerou seu passo. Com isso, o dos minutos, nosso parceiro, foi na contra-corrente. O gringo pegou a bola, botou no chão e deu alguns passos pra trás. Quando iniciou sua corrida para a cobrança, distante do gol, eu voltei a olhar o relógio. Ele estava parado!

Pet chutou e pude ver cada gomo da bola, de cada vez, girando e girando lentamente, como se fosse um planeta em órbita. Nenhum som, só o giro da bola. De repente, as imagens andaram tão rápido, como se tivessem sido adiantadas num vídeo cassete e o único som que pude ouvir era do delicioso ruído da rede estufando...



Parabéns, Pet, por seus 38 anos. Espero que o tempo continue parando para você.

VAMO QUE VAMO, MENGÃO!

Gil

12 comentários:

oPerna disse...

arrepiado

Leila Neiva disse...

Feliz Aniversário ao Rei do Gol Olímpico!!!

Caio de Almeida disse...

Amigo, vou confessar que me emocionei demais com esse texto. Só não choro porque sou machão alfa rsrsrsrs!

SRN e parabéns ao gringo

Cris Marassi disse...

Eu fui lendo esse texto devagarinho... O relógio indicado no post foi marcando o meu próprio tempo, minha memória foi acompanhando cada descriçao... E eu me emocionei! Chorei mesmo!
Numa semana tao dificil para os rubro-negros, envolvida já por esse turbilhao de emoçoes, vem o Fabio Gil e nos cutuca gentilmente: lembra desse momento? Lembra como é delicioso ser rubro-negro?!
E chorei mais um pouquinho por ver que meu orgulho rubro-negro sempre terá razao de ser!
Parabéns, Gil! O Pet merece essa homenagem! E a gente merecia esse carinho!
SRN sempre!
@CrisMarassi

A Irmã disse...

Como eu disse no twitter: Pet é 43! Pq gol igual aquele, acho q meu olhos ñ mais verão! Salve Pet!

Andre disse...

Sensacional.... só isso que posso dizer...

Obrigado Gil... fiquei emocionado

Abracao

Andre Tozzini (@TozzaFla)

Andre disse...

Sensacional.... só isso que posso dizer...

Obrigado Gil... fiquei emocionado

Abracao

Andre Tozzini (@TozzaFla)

A Irmã disse...

As imagens dessas finais são como um clipe em minha memória: fim do 1º jogo e eu me acabando de rir da cara de um vascaíno, colega de meu pai q estava na cidade à trabalho e meu pai dizendo q era difícil reverter. 2º jogo, acreditando no milagre q teimava em ñ acontecer, falei a todos da mesa do "Bar do Beto" na Rua da Granja: se ele botar essa bola pra dentro, eu quebro todas as garrafas e copos! Prejuízo certo! É O PET!

Alexandre Gatuso disse...

INVEJA MUITO GRANDE DE TODO MUNDO QUE VIU O JOGO DO TRI DO MENGÃO LÁ NO MARACANA COM ESSE GOL DO PET DA ARQUIBANCADA DEVE TER SIDO UMITA EMOÇÃO PARA QUEM ESTAVA LA AO VIVO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! O TEXTO FICO SHOW DE BOLA AI EIN GIL!!!!!!!!!!!!!!!

Flacó disse...

Ao melhor estilo Armando Nogueira e Nelson Rodrigues, seu texto foi emblemático e acertivo ao lembrar o gol do PET e a importância dos Ídolos no Futebol. Seu eu fosse ele, colocaria seu texto lá na Pizza do PET para todos os rubronegros, vascaínos, tricolores, etc etc lerem também!

Esse texto é um golaço aço aço

Flacó do www.futigol.net

Assessoria Petkovic10 disse...

Obrigado pela homenagem, Fábio. Gostaríamos de saber se poderemos reproduzir sua homenagem em nosso site.

voo do urubu disse...

A falta foi no Edilson. Lembro tudo deste jogo. Como se a memória parasse para que todo o espaço de uso fosse para cada lance deste jogo. O drible do Cassio no 1º gol. A bobagem do Rocha no gol de empate. A jogada genial do Pet no gol de cabeça do Edilson. Lembro da raça pura, sem gelo, do Beto. Na partida extraordinária do Júlio César. Um gigantesco zagueiro ainda garoto, o Juan. Lembro com a mesma emoção de quando assisti a tudo, lá no Maraca.

Excelente teu texto. Saudações rubronegras!